sábado, 7 de junho de 2014

VENDAVAL AÇOITA ROLÂNDIA - ÁRVORES TOMBAM - DANOS

VENDAVAL CAUSA DANOS EM ROLÂNDIA

Em vários bairros da cidade... Vila Oliveira.. Jardim Primavera.. Av. Pres. vargas e Rua Arthur Thomas... algumas ruas ainda sem energia... Mais uma denuncia para a Câmara e os promotores investigarem: Rolândia não tem defesa civil organizada. Pela lei a prefeitura teria que liderar a Defesa Civil mantendo um esquema de funcionários com motosserras para ajudarem os bombeiros. Esta noite ninguém viu esta equipe. E olha que já tínhamos alertado no passado. OLHEM AS FOTOS... By JOSÉ CARLOS FARINA

































































































































































































































































































































































































sábado, 31 de maio de 2014

MISS PARANÁ

MISS PARANÁ 2014 - NATHALY GOOLKATE CARAMBEÍ

FOLHA DE LONDRINA

Social - Thiago Nassif

Nathaly Goolkate, de 24 anos e 1,81m de altura, foi eleita a Miss Paraná 2014, semana passada, em Maringá. Participaram da 57ª edição do concurso, organizada pela BMW Eventos, 68 candidatas – cada qual representando um município. Na foto, a loura, que é de Carambeí e já inicia sua preparação para o Miss Brasil, no segundo semestre, aparece entre a 1ª Princesa, Eloine Barbosa Duarte, de Tamarana; e a 2ª Princesa, Joana Cecília Gusso, de Dois Vizinhos.

sábado, 9 de fevereiro de 2013

CHUVA DE DINHEIRO - DÓLARES?


Em 2007, uma motorista na Alemanha olhou pelo seu retrovisor e levou um susto: estava chovendo dinheiro! Ela estacionou rapidamente e saiu tentando pegar todas as notas, mas não conseguiu. Mesmo assim, não havia mais notas quando a polícia chegou no local. A origem do dinheiro ainda é um mistério.
9. Chuva de pássaros

domingo, 1 de abril de 2012

FARINA RECEBE ELOGIO DE SONIA PERAZOLO



RESPOSTA:
Sonia um elogio assim vindo de alguém tão especial da nossa 
comunidade me deixa muito feliz e envaidecido...
Ainda mais pelo fato de você me comparar ao inesquecível
José Perazolo, pessoa com quem tive o prazer de conviver
e trabalhar...
Confesso que lembro de Perazolo sempre nas minhas atividades
aqui no Blog... Estou sempre lembrando de seus discursos e
de sua obras em favor da classe menos favorecida, conforme
ele sempre falava...
Recebo o seu elogio como um motivo a mais para lutar por
Rolândia e pelo sofrido povo trabalhador...
Receba o meu abraço e os meus sinceros agradecimentos...
Deus te abençoe sempre...
FARINA

quinta-feira, 29 de março de 2012

PROTESTO CONTRA OS TRENS HOJE EM ROLÂNDIA


ROLÂNDIA VAI PARAR

Vai ser das 15 às 16 horas no centro da cidade. Boa parte do comércio vai fechar as portas. O protesto será contra os constantes cruzamentos de trens no perímetro central que impossibilita o livre trânsito de pessoas em carros. Outro motivo é o nível de poluição sonora causado pelos apitos, que, principalmente  de madrugada, acorda os moradores residentes nas proximidades. A prefeitura, por sua vez, informa que os projetos de construção de viadutos ainda estão no papel, não havendo ainda data para início de processo licitatório. Somente cidades grandes como Londrina e Maringá ( que possuem deputados) conseguiram solucionar o problema dos trens. Londrina construiu um novo traçado fora da cidade e Maringá fez rebaixamento do leito da ferrovia. Cambé conseguiu já um viaduto em um local crítico daquela cidade. Em Arapongas não existe cruzamento de trens. Todos os cruzamentos são programados para ocorrerem aqui em Rolândia. Outro projeto ( o do trem de passageiros pé vermelho) continua esquecido  no fundo de uma gaveta em Brasilia. TEXTO e FOTO de JOSÉ CARLOS FARINA

quinta-feira, 15 de março de 2012

JOSÉ FARINA FILHO - PIONEIRO EM ROLÂNDIA - PR.




JOSÉ FARINA FILHO
O Sr. José Farina Filho  nasceu em  Jardinópolis-SP. aos 02 de outubro de 1928, faleceu em Rolândia-Pr. no dia  22 de setembro de 2006, aos 77 anos de idade.
Sr. José Farina Filho  era casado com a Sra. Sebastiana Martin Farina e tinha 6 filhos, Pedro Argemiro e Marco Antonio (comerciantes), Paulo Ademir (engenheiro), José Carlos (advogado),  Maria Dolores e Sandra  Mara (professoras), 14 netos e uma bisneta.
Foi pioneiro do município da gleba cafezal onde chegou em  1940 em companhia dos pais José e Adelaide e dos irmãos Antonio, Irineu e Laura. trabalhou na lavoura até 1953, derrubando mata, plantando, colhendo e comercializando lenha para os moradores da cidade que utilizavam este combustível para os fogões.
De 1953 até a sua aposentadoria foi corretor de imóveis, chegando a vender terras para a Companhia de Terras Norte do Paraná, na região de Umuarama e Uniflor. Sempre usando chapéu de feltro e óculos, era muito conhecido também pelo seu inconfundível Jipe Wilys 1951, verde.
Como agricultor e depois corretor de imóveis ajudou a desbravar o interior do Município,  trazendo compradores de terras de outras regiões e de outros Estados, que acabaram se fixando em Rolândia, aumentando ainda mais as nossas riquezas e produção. Naquela  época não havia estradas asfaltadas e o serviço do corretor era muito duro. Quando era época de estiagens havia muita poeira e em ocasiões de chuva era quase que impossível o deslocamento de veículos, mesmo que fossem jipes. Seu conhecimento era tão grande sobre  o nosso município que até poucos anos atrás conhecia lote por lote, gleba por gleba, os antigos proprietários.
Além do amor pela nosso município, pelas nossas terras e  pela família, tinha também muito amor pelo Nacional Atlético Club, o NAC,  time de seu coração, onde chegou a exercer o cargo de diretor de publicidade, fazendo a propaganda dos jogos através de alto-falantes  ambulante em Rolândia, Cambé, Arapongas e Jaguapitã, convocando a torcida para comparecerem ao estádio em dia de jogos. Os filhos jogavam os panfletos na rua.
O Sr. José Farina Filho não perdia nenhum jogo do Nacional, mesmo que o time se  apresentasse  em locais distantes. Com o seu radinho de pilha colado no ouvido não  perdia nenhum lance. O seu grito era sempre este: Vamos! vamos lá Nacional! aí garoto!  muito bem!
Após se aposentar em 1992 trabalhava todo dia na Eletrônica Central, localizada na Av. Expedicionários, 65,  consertando  chuveiros e ferros elétricos, trabalho que fazia com muito amor, mais como uma distração.
Como pioneiro, corretor de imóveis e técnico de chuveiros  angariou muitos amigos, que compareciam diariamente para conversar  sobre  muitos assuntos. Mesmo tendo estudado apenas o antigo curso primário, tinha uma boa cultura, e durante muitos anos lia jornais diariamente e não perdia sequer um Jornal Nacional estando sempre bem informado sobre todos os assuntos e também sobre a política nacional e municipal.
Tudo o que conseguiu através do seu trabalho como  agricultor, corretor e depois comerciante investiu em Rolândia, a  cidade do seu coração, onde ainda moram sua esposa, seus 6 filhos, netos, bisneta, irmãos e sobrinhos, e onde estão sepultados os seus pais, sogros e um irmão. JOSÉ CARLOS FARINA 
FOTO - JOSÉ FARINA FILHO com o autor deste artigo.